Diretor Artístico

osvaldo

Osvaldo Ferreira, na qualidade de diretor convidado, em 2016/2017 irá apresentar-se com a Orquestra Filarmonica de S. Petersburgo, Teatro Nacional de São Carlos, Orquestra do Luxemburgo, Orquestra Gulbenkian em Lisboa, Orquestra Sinfonica de Nuremberg e Bühnen-Halle na Alemanha, Orquestra Sinfonica da Venezuela (onde gravará novo CD) e com a Orquestra do Estado Russo em São Petersburgo, entre outras. Irá ainda ministrar masterclass de direção de orquestra no Conservatório de S. Petersburgo, no Conservatório do Luxemburgo e no Conservatório de Música de Castelo Branco. Irá ainda gravar mais dois CDs que irão somar na sua já vasta discografia.

Osvaldo Ferreira, é atualmente o Diretor Artístico da Orquestra Euro-Atlântica na Europa e da Sociedade de Concertos de Brasília. Foi o diretor musical e regente titular da Orquestra Sinfônica do Paraná de 2011 a 2014 e diretor da Oficina de Música de Curitiba.

Em Portugal, foi diretor artístico da Orquestra do Algarve, diretor artístico do Festival Internacional de Música do Algarve, diretor e administrador do Teatro Municipal do Faro. Gravou vários CDs com obras de autores portugueses para a Editora Numérica e um CD duplo com Sinfonias de Mozart. Com a Orquestra do Algarve, apresentou-se em Viena, Bruxelas, Lisboa, Sevilha, Porto, Curitiba e Londres.

O seu percurso, inclui mais de 600 concertos, cerca de 70 apresentações de óperas e bailados e ainda a apresentação integral das Missas e Requiem de Mozart em 2007. Osvaldo ferreira já se apresentou com praticamente todos os grandes solistas da atualidade.

No seu percurso destaca-se o seu trabalho á frente de importantes orquestras, tais como, Orquestra Filarmonica de S. Petersburgo, Orquestra Sinfonica de Roma, Orquestra Gulbenkian, Orquestra Sinfonica Brasileira, Orquestra de Praga, Orquestra Filarmonica de Lodz, Orquestra Filarmonica da Silesia, Orquestra Sinfonic de Nuremberga, Orquestra Filarmonica da Radio Renana, Orquestra Nacional do Porto, Theatro Municipal do Rio de Janeiro, , Mozarteum de S. Petersburgo, Orquestra do Teatro Nacional S. Carlos em Lisboa, Orquestra do Teatro Olimpico de Vicenza, Orquestra da Extremadura de Espanha, Orquestra da Catalunha, North Shore Orchestra em Chicago, Orquestra do Festival de Aspen nos Estados Unidos e ainda a Orquestra Nacional da Venezuela.

Realizou Mestrado em direção de orquestra em Chicago e pós-graduação no Conservatório de São Petersburgo, na classe de Ilya Mussin. Laureado em 1999 no Concurso Sergei Prokofiev, na Rússia. Recebeu o “Fellowship” do Aspen Music Festival nos EUA, onde freqüentou a American Conductors Academy. Foi assistente de Claudio Abbado em Salzburgo e Berlin. Estudou ainda com Jorma Panula e David Zinman, foi bolsista do Ministério da Cultura de Portugal e da Fundação Calouste Gulbenkian em Lisboa.