Regente Residente

residente

Mariana Menezes – Regente Residente

Mariana iniciou seus estudos musicais aos seis anos no Conservatório Estadual de Música Renato Frateschi em Uberaba, Minas Gerais, onde se formou em flauta transversal. Formada no curso de Bacharelado em Música com habilitação Regência pela UnB, Mariana participou de mais de quinze cursos e masterclasses com professores e maestros de países como Brasil, Portugal, Japão, Reino Unido, Estonia, Argentina, Alemanha e Estados Unidos, incluindo cursos pontuais na classe de regência do maestro Osvaldo Ferreira. Em Julho de 2015, Mariana esteve em Ravenna, Italia, aprendendo na Riccardo Muti Italian Opera Academy.

Mariana Menezes é Mestre em Regência Orquestral pela University of Manitoba, Canadá, onde foi agraciada com bolsa integral de estudos e trabalhou por dois anos como Regente Assistente da University of Manitoba Symphony Orchestra, Regente Assistente da University of Manitoba Women’s Chorus e Regente convidada da UofM Concert Band. Recentemente, Mariana recebeu o título de honra de Alumni de destaque e foi premiada com a Faculty of Music MMus Golden Medal de 2016 por melhor desempenho de notas entre os alunos de mestrado em música.

Em Maio de 2016, Mariana foi selecionada entre regentes de todo o mundo pelo Professor Emérito da Royal Academy of Music de Londres, Colin Metters, para participar de sua Masterclass Internacional, onde também foi escolhida para se apresentar em um concerto com a Atlantic Coast Orchestra em Portugal. Em uma de suas mais recentes conquistas, Mariana foi selecionada para a Primeira Edição da Academia de Regência da OSESP – Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo – onde agora é uma dos quatro regentes aprendizes desta prestigiada instituição sob orientação de Marin Alsop. Mariana foi a única mulher selecionada como aluna ativa da classe de regência do renomado Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão de 2016, apresentando-se em um concerto público na Praça do Capivari em Campos do Jordão, além de três semanas de intenso estudo com uns dos maiores maestros de renome internacional, como Marin Alsop, o estoniano Arvo Volmer, o costa-riquenho Giancarlo Guerrero, e o inglês Neil Thomson.

Ainda em 2016, Mariana teve sua estréia na sala de concertos mais prestigiada do Brasil – a Sala São Paulo – no dia 9 de Outubro em concerto com a Orquestra Sinfônica de Heliópolis; entre compromissos como maestrina convidada da Orquestra Sinfônica do Município de Santo André, Orquestra Sinfônica de João Pessoa e Orquestra da Sociedade de Concertos de Brasília. Mariana assume em Outubro de 2016, o cargo de Regente Residente da Sociedade de Concertos de Brasília, onde trabalhará regendo ensaios e concertos com a OSCB, assim como colaborar na elaboração de concertos e projetos da SCB.

*Foto: Ana Paula Lazari